Minas Gerais MG não vai exigir receita médica para vacinar crianças contra a Covid

MG não vai exigir receita médica para vacinar crianças contra a Covid

Secretaria Estadual de Saúde destacou que as demais campanhas de imunização não exigem prescrição médica para atendimento

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Crianças devem ser vacinadas a partir de 2022

Crianças devem ser vacinadas a partir de 2022

Joel Klamar/AFP - 15.11.2021

O Governo de Minas Gerais informou que não vai recomendar a exigência de prescrição médica para a vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra a Covid-19.

A SES-MG (Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais) explicou que a decisão foi tomada "após analisar documentos técnicos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)".

Nesta sexta-feira (24), o Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde) também se manifestou contrariamente à necessidade de receita médica para a imunização das crianças.

O posicionamento foi divulgado após o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmar que o Governo Federal deve orientar a prescrição médica para aplicação dos medicamentos.

A expectativa é que as crianças de 5 a 11 anos comecem a ser vacinadas no Brasil a partir do início de janeiro, com o medicamento da Pfizer.

"A SES-MG frisa que em nenhuma outra campanha de imunização houve necessidade de receita médica e, sim, o acompanhamento dos pais ou responsáveis, no caso de menores de idade", ressaltou o Governo de Minas, em nota.

Últimas