Médico se defende de morte de paciente durante aplicação 


Uma mulher, de 39 anos, morreu durante um tratamento estético, em uma clínica no Centro de Belo Horizonte. O médico responsável pelo procedimento disse que o processo não é cirúrgico e que tudo não passou de uma fatalidade.