MG no Ar PF ouve 60 pessoas envolvidas na vacinação clandestina em BH

PF ouve 60 pessoas envolvidas na vacinação clandestina em BH

Em exames apresentados nesta quarta-feira (7), não foi constatada a presença de anticorpos contra o coronavírus nos vacinados

A Polícia Federal segue ouvindo testemunhas no caso da vacinação clandestina realizada por uma falsa enfermeira, em Belo Horizonte. Até o fim desta semana, 60 pessoas devem prestar depoimento. Em exames apresentados nesta quarta-feira (7), não foi constatada a presença de anticorpos contra o coronavírus nos vacinados. Isso pode ser um indício de que a substância aplicada, realmente, não era vacina.

Últimas