Minas Gerais MG: Polícia vai indiciar treinador de futebol por estupro de jovens

MG: Polícia vai indiciar treinador de futebol por estupro de jovens

Investigação aponta que o homem de 38 anos teria abusado sexualmente de dois jogadores e assediado um terceiro

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Abusos teriam ocorrido no centro de treinamento

Abusos teriam ocorrido no centro de treinamento

Reprodução / Pixabay

A Polícia Civil de Minas Gerais informou, neste sábado (22), que vai indiciar nos próximos dias um treinador de futebol de Ibirité, na região metropolitana de Belo Horizonte, por importunação sexual, estupro de vulnerável e assédio sexual contra jogadores adolescentes que ficavam sob a responsabilidade dele em um clube da cidade.

O homem de 38 anos foi preso nesta sexta-feira (21), após se apresentar na delegacia para prestar esclarecimentos. Ele estava desaparecido desde a última semana, quando foi denunciado por um dos adolescentes.

A delegada Carolina de Oliveira Urbano explica que dois adolescentes, de 13 e 15 anos, denunciaram que foram estuprados pelo treinador. Há relatos que o investigado ofereceu dinheiro aos jovens para não relatar os casos.

Os investigadores ainda encontraram uma troca de mensagem telefônica entre o treinador e um outro adolescente, em que o homem estaria assediando o jovem. Segundo a delegada, o suspeito negou todos os crimes.

— Ele disse que os rapazes poderiam não ter gostado da atitude dele de ter dispensado um ou outro jovem dos treinos. Como ele tomava conta dos menores, tinha que chamar atenção pelo comportamento. Como eles treinavam em um clube social, que tem piscina e sócios, há coisas que os jovens não poderiam fazer e ele teria que monitorar. O treinador usou destes argumentos para se justificar.

A delegada afirma que não há outros registros policiais contra o suspeito por crimes parecidos.

— Nove adolescentes foram ouvidos e  confirmaram as versões com riqueza de detalhes. O suspeito teria até pedido desculpas a uma das vítimas na frente do irmão do adolescente.

Sonho do futebol

Os abusos teriam acontecido no alojamento do Boa Esperança Esporte Clube, no Itapoã Parque Clube. A instituição afastou o treinador assim que as denúncias foram feitas na última semana. A direção alegou que não tinha conhecimento sobre o caso.

De acordo com a Polícia Civil, nove dos 10 jogadores vieram do Pará há quase dois meses para treinar o time e tentar o sonho de se tornarem grandes jogadores de futebol. O Conselho Tutelar retirou todos eles do alojamento e alguns já voltaram para a cidade natal.

A delegada Carolina Urbano afirma que, por enquanto, não há indícios de envolvimento do clube nos delitos. Segundo a policial, o Conselho Tutelar de Ibirité acompanha a situação dos adolescentes.

Últimas