Minas Gerais MG prorroga para julho a cobrança de documento veicular 2020

MG prorroga para julho a cobrança de documento veicular 2020

Apresentação do licenciamento voltou a ser exigida no início deste ano; decisão foi confirmada por Romeu Zema em uma rede social

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento com Célio Ribeiro*, do R7

Suspensão vale até 30 de junho deste ano

Suspensão vale até 30 de junho deste ano

Divulgação/PRF

O Governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), anunciou, nesta sexta-feira (23), que a apresentação do CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento Anual de Veículos) de 2020 só será exigida a partir do mês de julho.

Em uma rede social, Zema divulgou a decisão e afirmou que esta é uma importante medida para ‘auxiliar as pessoas nesse momento de pandemia’.

Em julho do ano passado, o Governador sancionou uma lei que determinava que o CRLV de 2020 não seria cobrado enquanto durasse o estado de calamidade pública em Minas. Mas apesar do estado de calamidade ter sido prorrogado até 30 de junho, a apresentação do licenciamento voltou a ser obrigatória a partir de fevereiro deste ano.

A medida é importante para não prejudicar pessoas que compraram veículos durante a pandemia e não conseguiram fazer a transferência da documentação por conta do Detran (Departamento de Trânsito), que teve seu atendimento suspenso durante boa parte de 2020 e retomou suas atividades de forma reduzida no segundo semestre do ano passado.

Mesmo com a medida, os motoristas deverão realizar o pagamento do IPVA (Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores) e taxas de licenciamento.

*Estagiário sob supervisão de Pablo Nascimento

Últimas