MG Record Bares terão medidas para proteger mulheres que se sintam ameaçadas

Bares terão medidas para proteger mulheres que se sintam ameaçadas

Agora é lei. Casas noturnas, bares e restaurantes de Belo Horizonte vão ter que adotar medidas para ajudar mulheres que se sentirem em situação de ameaça dentro dos estabelecimentos. Essas medidas incluem desde chamar um carro de aplicativo, ligar para uma parente ou amiga, ou até acionar a Polícia Militar. A prefeitura publicou a lei hoje e os comerciantes já estão se movimentando para dar essa proteção ao público feminino.

Últimas