MG Record Decisão de juiz sobre atingidos por barragens deve ser estendida

Decisão de juiz sobre atingidos por barragens deve ser estendida

Na quarta-feira (28), o Ministério Público Federal entrou com um mandado de segurança contra os atos ilícitos do juiz Mário de Paula Franco Junior, da 12º Vara Federal de Minas Gerais, no caso do rompimento da barragem de Fundão, em Mariana. Nesta quinta (29), a força tarefa formada pelos procuradores informou que, além da suspensão dos processos, uma petição foi ajuizada para que a indenização concedida pelo juiz seja estendida para todos os atingidos pela tragédia em toda a bacia do Rio Doce, como forma de adiantamento da indemnização total.

Últimas