MG Record Defesa de promotor consegue adiar análise de feminicídio

Defesa de promotor consegue adiar análise de feminicídio

Advogados alegaram não ter recebido intimação sobre julgamento da denúncia; nova análise deve ser feita no fim de setembro

A defesa do promotor André Luiz Garcia de Pinho, suspeito de matar a esposa em Belo Horizonte, conseguiu adiar o julgamento da denúncia de feminicídio que estava marcado para esta quarta-feira (11), no TJMG (Tribunal de Justiça de Minas Gerais). A sessão foi transferida para o dia 25 de setembro.

Últimas