MG Record Falta de informação atrapalha vacinação de grávidas em BH

Falta de informação atrapalha vacinação de grávidas em BH

Prefeitura não informou que antecipação da segunda dose é em, no máximo, uma semana; gestantes e puérperas reclamaram

Nesta segunda-feira (2), a Prefeitura de Belo Horizonte convocou pessoas com comorbidades de 55 e 56 anos e gestantes e puérperas sem comorbidades acima de 18 anos para tomar a segunda dose da vacina contra a covid-19. Mas houve uma falha na comunicação da prefeitura, que não informou que, apesar da convocação, a Secretaria Municipal de Saúde está antecipando em, no máximo, uma semana, a aplicação da segunda dose. Consequentemente, muitas pessoas foram aos postos e voltaram para casa sem se imunizar. Houve muita reclamação.

Últimas