Mulher com máscara cirúrgica é vítima de preconceito em BH

Uma mulher que fez um transplante de coração denuncia que foi vítima de preconceito por parte de um motorista de aplicativo. É que ela estava de máscara cirúrgica. Segundo a passageira, ao chegar no local combinado, o motorista travou as portas e arrancou com o carro.