Pacientes reclamam de demora em transferências hospitalares em BH

Ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) exclusivos para a covid-19 chegou a 87%, nessa segunda-feira (29), em Belo Horizonte. Com a ocupação dos leitos se aproximando do limite, a preocupação aumenta, e os relatos de falta de vagas e demora em transferências estão cada vez mais frequentes.