Polícia Federal desarticula grupo suspeito de fraudar a previdência

A Polícia Federal desarticulou, nesta terça-feira (22), uma quadrilha suspeita de inventava falsos beneficiários para fraudar o INSS. O rombo na previdência foi de mais de R$ 3 milhões.