MG Record Promotor suspeito de feminicídio já teria ameaçado vendedora

Promotor suspeito de feminicídio já teria ameaçado vendedora


Documentos obtidos com exclusividade pelo jornalismo da Record TV Minas mostram que o promotor André Luiz Garcia de Pinho, preso após a morte da esposa, Lorenza Pinho, foi afastado do trabalho no Ministério Público após uma denúncia feita por uma vendedora. Ela acusa o magistrado de xingá-la e ameaçá-la de morte. Ele também teria mostrado um revólver para ela. A confusão teria acontecido após ela cobrar o pagamento de uma dívida.

Últimas