Sem acordo sobre renúncia, crise política segue no Cruzeiro

O Conselho Deliberativo do Cruzeiro deve convocar, para a primeira quinzena de janeiro, uma assembleia para votar o afastamento do presidente Wagner Pires de Sá.