Coronavírus

Minas Gerais MG revê balanço da covid-19 e reduz novos casos para 7.715

MG revê balanço da covid-19 e reduz novos casos para 7.715

Erro de digitação motivou a mudança; primeiro relatório indicava que o Estado havia confirmado 9.515 diagnósticos positivos

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Mesmo com redução, dia bateu recorde

Mesmo com redução, dia bateu recorde

David Borrat/EFE

O Governo de Minas Gerais reviu o balanço da covid-19 divulgado nesta quarta-feira (6) e reduziu de 9.515 para 7.715 o total de novos casos confirmados nas últimas 24 horas.

Segundo a SES (Secretaria de Saúde), houve um erro de digitação nos números enviados pela Prefeitura de Coqueiral, a 271 km de Belo Horizonte.

De acordo a pasta, os servidores do município enviaram para o Governo de Minas a confirmação de 2.015 notificações, enquanto o correto seria 215.

Mesmo com a redução de 1.800 casos no balanço, o relatório indica que o Estado teve hoje o dia com o maior volume de casos confirmados de um dia para o outro. Até então, o recorde era de 6.865, registrado no dia 31 de dezembro de 2020.

O governo destaca que os registros lançados no sistema não indicam, necessariamente, que os exames positivos foram feitos ontem. Alguns casos por exemplo, foram diagnosticados em setembro, mas só entraram na lista agora.

Para a Secretaria de Saúde, o aumento no volume de confirmações se deve tanto ao relaxamento da população, quanto à baixa atualização dos números durante os feriados de fim de ano.

"O número é resultado da redução das escalas de trabalho nos municípios e prestadores de serviços nas semanas de Natal e Ano Novo, com recessos e ponto facultativo, o que impactou na diminuição de notificações ao estado por parte dos mesmos", destacou a pasta em nova.

Nas últimas 24 horas foram confirmadas 128 mortes em Minas. Com isso, o total de óbitos subiu para 12.211.

Últimas