Novo Coronavírus

Minas Gerais MG volta a ter cidades na onda verde após quase quatro meses

MG volta a ter cidades na onda verde após quase quatro meses

Avanço foi autorizado para 41 municípios de cinco microrregiões; Secretário de Estado alerta, no entanto, para aumento de casos

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento e Célio Ribeiro*, do R7

Mapa mostra a situação das regiões de Minas

Mapa mostra a situação das regiões de Minas

Divulgação / Agência Minas

Após 113 dias sem nenhuma cidade na onda verde, a menos rígida do programa Minas Consciente, o Estado voltou a ter municípios nesta classifição.

A mudança foi divulgada nesta quinta-feira (27) e começa a valer no próximo sábado (29). Serão 41 municípios de cinco microrregiões avançando no plano de flexibilização.

Os membros do Comitê Extraordinário Covid-19 decidiram manter as macrorregiões nas mesmas fases em que se encontravam na semana passada, fazendo apenas alterações em algumas microrregiões.

Veja: Governo de MG confirma a 27ª morte de bebê causada pela covid

Além das cinco microrregiões que avançaram para a onda verde (veja mais detalhes abaixo), quatro micros passaram da onda vermelha para a amarela, enquanto outras oito regrediram para a onda vermelha, considerada a mais restrita do plano.

De acordo com as regras do programa , na onda vermelha já é permitida a abertura de todo tipo de comércio. Na onda amarela, as regiões poderão permitir a realização de eventos para até 100 pessoas. Além disso, a capacidade de pessoas dentro dos estabelecimentos comerciais pode ser aumentada. Na onda vermelha, os comércios precisam respeitar o funcionamento com uma pessoa a cada 10 metros quadrados. Já na onda amarela, a regra prevê uma pessoa a cada 4 metros quadrados de área.

Veja as alterações no Minas Consciente:

-Microrregiões que avançam para a onda verde:
. Caratinga
. Coronel Fabriciano/Timóteo
. Francisco Sá
. Montes Claros/Coração de Jesus
. Turmalina/Minas Novas/Capelinha

-Microrregiões que avançam para a onda amarela:
. Além Paraíba
. Barbacena,
. Curvelo
. João Pinheiro

-Microrregiões que recuam para a onda vermelha:
. Araçuaí
. Brasília de Minas/São Francisco/Januária
. Guanhães
. João Monlevade
. Oliveira/Santo Antônio do Amparo
. Pirapora
. Ubá
. Viçosa

*Estagiário do R7, sob supervisão de Pablo Nascimento

Últimas