Minas revisa data de pico de casos de Covid-19 para 27 de maio

Previsão anterior indicava ápice entre os dias 3 e 4 de maio mas, segundo secretário, isolamento tem funcionado e a curva de contágio "achatou"

Secretário elogiou medidas de isolamento social

Secretário elogiou medidas de isolamento social

Reprodção/Facebook

O secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, divulgou, nesta quinta-feira (16), uma nova projeção para que Minas Gerais atinja o pico da curva de casos de contaminação pelo novo coronavírus. Segundo a perspectiva do Governo de Minas, a data prevista é 27 de maio. 

Estudos anteriores realizados pelo Governo de Minas indicavam que o ápice dos contágios aconteceria entre os dias 3 e 4 de maio. Porém, de acordo com Amaral, o sucesso das medidas de isolamento social adotadas pelo Estado, impactou no adiamento do pico da curva para o fim do mês que vem.

A previsão anterior indicava, ainda, que, quando esse momento chegar, 550 pessoas seriam contaminadas por dia. Agora, a estimativa do governo caiu para 420 infectados diariamente.

Veja: Manifestantes fazem carreata por abertura do comércio em BH

Importância do isolamento

O secretário destacou importância das medidas de isolamento social adotadas pelo Estado para atingir esse resultado. 

— Isso mostra que Minas Gerais está de parabéns. O cidadão tem conseguido respeitar as orientações do Estado e dos municípios para manter um distanciamento social adequado e para se cuidar. Entendo que estamos no caminho adequado e que isso vai trazer um benefício para toda a sociedade. 

No Boletim Epidemiológico divulgado nesta quinta-feira, Minas Gerais registra 958 casos de infecção pela covid-19, 33 óbitos confirmados, além de 77 em investigação e outros 226 já descartados.

*Estagiária do R7 sob a supervisão de Lucas Pavanelli