Minas Gerais Morador de rua é agredido até a morte e jogado da ponte em MG

Morador de rua é agredido até a morte e jogado da ponte em MG

Dois adolescentes e um jovem de 19 anos foram detidos suspeitos do crime; um deles afirmou que queria quebrar o braço da vítima

Dois adolescentes de 16 anos foram apreendidos e um jovem de 19 anos foi preso, em Vespasiano, na região metropolitana de Belo Horizonte, suspeitos de espancar um morador de rua até a morte. Após as agressões, nesta segunda-feira (13), a vítima foi jogada de uma ponte. Segundo a polícia, outros dois homens ainda estariam envolvidos nas agressões.

Crime aconteceu em Vespasiano, na Grande BH

Crime aconteceu em Vespasiano, na Grande BH

Reprodução / Google Street View

Glauber Gladson de Lima, de 32 anos, teria sido espancado com pauladas e pedradas. Ailton Santiago, sargento da Polícia Militar, contou que a corporação recebeu uma denúncia no momento em que a vítima estaria sendo espancada na rua por um grupo de adolescentes.

— Essa testemunha narrou cinco nomes para nós. Como esses autores já eram conhecidos das guarnições, encontramos dois na casa de um deles. Inclusive, eles estavam dentro do quarto, escondidos debaixo da cama. 

Já o terceiro suspeito de envolvimento no crime foi preso durante a noite.

Quando a polícia chegou ao local do crime, a vítima já estava morta. O morador de rua seria usuário de drogas e estaria cometendo alguns furtos, o que, segundo um dos suspeitos, teria motivado o crime. Segundo os militares, o jovem confessou as agressões e afirmou que a intenção era quebrar o braço da vítima.

Veja também: Irmãos gêmeos são suspeitos de matar morador de rua em BH

O sargento ainda acredita que o crime pode ter relação com a dívida de drogas, pois a vítima era usuária e os suspeitos já foram detidos por tráfico. A Polícia Civil vai continuar com as investigações.

Últimas