Novo Coronavírus

Minas Gerais Moradores da Grande BH são 47% dos internados na rede da capital

Moradores da Grande BH são 47% dos internados na rede da capital

Dados da prefeitura mostram que, dos 303 pedidos de internação por suspeita de covid-19, 142 vieram de cidades da região metropolitana

  • Minas Gerais | Lucas Pavanelli, do R7

SUS-BH recebeu 303 pedidos de internação

SUS-BH recebeu 303 pedidos de internação

Reprodução/Google Maps

Metade dos pedidos de internação por SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) recebidos pela Prefeitura de Belo Horizonte são de pacientes que vivem em outras cidades da região metropolitana.

Um levantamento da secretaria municipal de Saúde, considerando a rede do SUS-BH, mostra que, dos 303 pedidos recebidos pela Central de Internação entre o dia 17 de março (data da promulgação  do decreto de emergência devido à pandemia) até a última quarta-feira (6), 142 foram de moradores de outros municípios da Grande BH. O número é equivalente a 47% do total. 

Brasil tem explosão de internações por problemas respiratórios

Segundo a pasta, esses pacientes vem de cidades como Ribeirão das Neves, Santa Luzia, Contagem, Vespasiano, Sabará e Caeté. O número, no entanto, não leva em consideração as internações que são feitas pelas entradas de urgência dos hospitais e demais unidades de saúde. 

Demanda

Ainda de acordo com a secretaria de Saúde, o número de internações de moradores de outras cidades não é muito diferentes do que é registrado normalmente. Segundo a pasta, historicamente, esse percentual é de cerca de 43%.

A secretaria informou, ainda, que "todo o planejamento feito para atendimento à COVID-19 levou em consideração o fluxo de demanda hospitalar para Belo Horizonte das cidades da região metropolitana e de outros municípios". 

Pacientes de outros Estados

A Prefeitura de Belo Horizonte descartou que haja registros, na rede pública, de internações de pacientes vindos de outros Estados. No entanto, o Executivo foi notificado sobre essa situação na rede privada. 

Com 51% de leitos vazios, BH recebe pacientes vindos de outros Estados

É o caso do Hospital Madre Teresa, na região Oeste da capital mineira, que recebeu quatro pacientes com diagnóstico de covid-19 vindos do Pará. O Estado, que enfrenta dificuldades para atender à demanda de pacientes contaminados pelo novo coronavírus, decretou "lockdown", ou seja, limitação de circulação de pessoas e veículos a partir desta quinta-feira (7) em 10 municípios.  

Últimas