tragédia brumadinho

Minas Gerais Moradores de bairro atingido por barragem da Vale denunciam furtos

Moradores de bairro atingido por barragem da Vale denunciam furtos

Comunidade de Brumadinho alega abandono e falta de estrutura após vizinhos indenizados se mudarem para outras regiões

  • Minas Gerais | Regiane Moreira, da Record TV Minas

Moradores de Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte, reclamam da falta de segurança e infraestrutura de um dos bairros atingido pela lama de rejeitos da barragem da Vale, em janeiro de 2019.

O bairro Parque da Cachoeira foi o segundo mais afetado pelo rompimento da estrutura, atrás apenas do distrito Córrego do Feijão, que dava nome à mina destruída. Como muitas famílias foram indenizadas e decidiram sair do local, o bairro tem casas vazias, levando um aspecto de abandono para a região.

Os moradores que continuam morando no Parque da Cachoeira reclamam da falta de critérios da mineradora na hora de conceder as indenizações, como questiona o aposentado Antônio de Oliveira Amorim.

— O vizinho do lado foi indenizado, o de trás também. Todo mundo tá sendo ajudado. Por que que eu não tenho esse direito?

Os moradores da região afirmam que, além dos danos e mortes causados pelos rejeitos, o rompimento da barragem também deixou o bairro mais perigoso. O presidente da Associação de Moradores do Parque da Cachoeira, Ademir Caricati, conta que o número de furtos e roubos têm sido cada vez maior.

— Com esse tanto de local abandonado, tem aparecido muita gente estranha, dá até medo.

Moradores criticam atuação da Vale

Moradores criticam atuação da Vale

Reprodução / Record TV Minas

A estrada rural que permitia que os moradores do bairro fossem até o distrito de Casa Branca e o Centro de Brumadinho também foi destruída. Antes, era preciso percorrer 1 km para chegar até a região Central da cidade. Agora, os moradores do Parque da Cachoeira chegam a percorrer até 5 km.

O presidente da Associação de Moradores do Parque da Cachoeira, Ademir Caricati, reclama da lentidão da mineradora Vale em entregar as obras de infraestrutura. Segundo ele, a terraplanagem de uma das vias só foi entregue na semana passada.

— A Vale está lenta nesse sistema. Está fazendo, mas está lento demais.

Em nota, a companhia afirmou que atua em parceria com a Polícia Militar para evitar furtos e invasões nos bairros atingidos pelo rompimento da barragem. A empresa também destacou que está comprometida na recuperação das comunidades impactadas e alega ter entregue, em fevereiro deste ano, uma creche e uma unidade de Saúde aos moradores do Parque da Cachoeira.

Últimas