Minas Gerais Motorista de aplicativo é suspeito de agredir idoso de 67 anos em BH

Motorista de aplicativo é suspeito de agredir idoso de 67 anos em BH

Imagens de câmera de segurança repercutiram nas redes sociais; filho da vítima afirma que pai teve várias escoriações pelo corpo

  • Minas Gerais | Ricardo Vasconcelos e Núbia Roberto, da Record TV Minas; Giovana Maldini*, do R7

Aldo Viana de 67 anos teve escoriações pelo corpo

Aldo Viana de 67 anos teve escoriações pelo corpo

Reprodução

Um motorista de aplicativo é suspeito de agredir um idoso de 67 anos na tarde desta quinta-feira (13), no bairro Vila Oeste, na região Oeste de Belo Horizonte. A cena foi registrada por uma câmera de segurança e as imagens repercutiram nas redes sociais.

O caso teria acontecido após uma passageira desembarcar do carro do suspeito. O homem teria se incomodado com a vítima, Aldo Viana Ruas Coelho, que estava na frente do veículo.

As imagens mostram que, após uma breve discussão, o motorista de aplicativo teria descido e empurrado o idoso, que bateu a cabeça no chão. Segundo parentes da vítima ele estava sob efeito de bebida alcoólica.

Veja também: Agressão a idosos dobra durante pandemia em MG

O filho do idoso, Marcos Sobrinho, disse que o pai não se lembra da situação e vai passar por exame de corpo de delito nesta sexta (14). Marcos chegou a acreditar que o idoso havia sido atropelado, mas descobriu as agressões após ver as imagens. Ele afirmou que procurou um advogado e garantiu que vai tomar providências contra o motorista de aplicativo.

— A família está chocada com o caso. Meu pai é muito querido no bairro, prestativo, pacato e tranquilo. Os populares do bairro também estão revoltados com a situação. Nós familiares não vamos descansar até que ele [motorista] pague pelos seus atos. 

Ainda segundo Marcos, o idoso teve várias escoriações nos braços, pernas e na cabeça, mas disse que Aldo está bem.

*Estagiária do R7 sob supervisão de Lucas Pavanelli 

Últimas