Minas Gerais Motorista de app é assaltado e dopado na Grande BH

Motorista de app é assaltado e dopado na Grande BH

Vítima foi feita refém em Contagem e abandonada desacordada em um local de mata; trio levou celular, cartões e dinheiro

  • Minas Gerais | Túlio Lopes e Júlia Ennes*, da RecordTV Minas

Motorista foi feito refém e solto em mata

Motorista foi feito refém e solto em mata

Pexels

Um motorista de aplicativo foi assaltado e feito refém em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte.  O assalto aconteceu na manhã da última quinta-feira (30), mas ele só procurou a polícia nesta sexta (1º). 

Ele contou à Polícia Militar que os criminosos lhe deram água com algum tipo de remédio para que ele dormisse. Depois disso, não viu mais nada e acordou cerca de 24 horas depois, com as mãos e os pés amarrados, em um local de mata perto de Piedade do Paraopeba, distrito de Brumadinho, também na Grande BH.

O assalto aconteceu por volta das 6h30 da manhã da última quinta-feira (30). A vítima estava parada na avenida Teresa Cristina, no bairro Jardim Industrial, em Contagem, à espera de um passageiro, quando outro carro se aproximou com três homens.

Os suspeitos saíram do carro e anunciaram o assalto. Um deles estava armado. O motorista foi rendido e colocado no banco traseiro, entre dois dos criminosos. O terceiro assumiu a direção do veículo.

Os assaltantes disseram que ele não precisava ter medo, porque só queriam bens materiais e não fariam nada contra a vida dele. Nesse momento, ele foi obrigado a beber o líquido com o sedativo e adormeceu.

O homem só acordou por volta das 12h de sexta-feira (1º). Quando recuperou a consciência, percebeu que estava com as mãos e os pés amarrados. Ele conseguiu soltar os pés e caminhou até uma rua próxima, onde pediu ajuda aos moradores, que informaram que ele estava no povoado de Piedade do Paraopeba, em Brumadinho.

O motorista foi encaminhado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Brumadinho, onde foram constatados sinais de desidratação. Ele recebeu atendimento médico e informou o acontecido à Polícia Militar ainda na unidade de saúde.

Segundo a PM, o carro da vítima foi encontrado a poucos metros do local do crime. Foram roubados um celular, alguns cartões de banco e cerca de R$ 220.

A Polícia Civil informou que o caso será apurado em procedimento investigatório para identificar a autoria e as circunstâncias do crime. A vítima deve ser ouvida, e o caso vai ficar sob a responsabilidade da 2ª Delegacia de Polícia Civil em Contagem.

O veículo da vítima foi apreendido e encaminhado para pátio credenciado do Detran-MG (Departamento de Trânsito de Minas Gerais), e será submetido a perícia.

*Estagiária sob supervisão de Túlio Lopes

Últimas