Minas Gerais Motoristas de ônibus voltam a trabalhar após paralisação em BH

Motoristas de ônibus voltam a trabalhar após paralisação em BH

Profissionais da TransOeste, que atende a região do Barreiro, em BH, fizeram uma paralisação para cobrar salários atrasados e férias não pagas 

  • Minas Gerais | Caio Silva*, do R7, com Vinícius Araujo, da Record TV Minas

Funcionários de ônibus cruzaram os braços nesta manhã

Funcionários de ônibus cruzaram os braços nesta manhã

Reprodução/Record TV Minas

Funcionários da empresa de ônibus TransOeste, que atende a região do Barreiro, em Belo Horizonte, voltaram a trabalhar por volta das 9h30, nesta terça-feira, após uma paralisação realizada pelo setor.

O ato foi feito em frente a sede da empresa, no bairro Independência, também no Barreiro, e começou por volta das 5h da manhã. 

Segundo o SetraBH (Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte), todos os profissionais que prestam serviço para a empresa participaram do ato. Eles cobravam salários e férias atrasados, além de cortes no vale alimentação. 

Ainda segundo o órgão, foi feito um "esclarecimento junto aos profissionais sobre questões relacionadas a forma de pagamento e benefícios durante a pandemia."

O SetraBH ainda informou, por meio de nota, que "mesmo diante da dificuldade financeira, a oferta de viagens está sendo mantida acima da demanda de passageiros."

Ao menos 27 linhas das estações Barreiro e Diamante, que atendem a 13 bairros da região, não circularam na manhã desta terça. 

Quem lotou os pontos precisou recorrer aos ônibus metropolitanos que circulam entre Contagem, na Grande BH, e Belo Horizonte. É o caso de Adriana da Silva. A profissional de logística contou que ficou no ponto de ônibus desde a 4h da manhã.

— Essa paralisação me pegou de surpresa porque ontem foi feriado e eu não sabia. Não avisaram nada. Eles não avisam nada, o absurdo é esse.

Procurada pela reportagem do R7, a TransOeste informou que não irá se posicionar sobre a paralisação. 

*Estagiário do R7 sob supervisão de Pablo Nascimento 

Últimas