Minas Gerais MP denuncia policial suspeito de furtar carne em açougue em MG

MP denuncia policial suspeito de furtar carne em açougue em MG

PM comprou dois cortes diferentes em mercado de Ipatinga e tentou pagar por apenas um; colegas tentaram acobertar o furto

  • Minas Gerais | Lucas Pavanelli e Célio Ribeiro*, do R7

Policial corre o risco de perder o cargo na PMMG

Policial corre o risco de perder o cargo na PMMG

Reprodução / Pixabay

O MPMG (Ministério Público de Minas Gerais) denunciou um policial militar suspeito de furtar carne em um açougue de Ipatinga, a cerca de 210 km de Belo Horizonte. Outros dois agentes foram denunciados por improbidade administrativa.

O crime teria sido cometido em 3 de novembro de 2020. Segundo a Polícia Militar, o suspeito teria pedido dois tipos diferentes de carne a um atendente do estabelecimento. Na sequência, o militar teria ido para outra parte do açougue e transferido as carnes para uma única sacola, deixando só uma etiqueta de preço.

De acordo com o boletim de ocorrência, os fiscais da loja já desconfiavam que o militar havia cometido outros furtos no local e, por isso, monitoravam o suspeito. Logo após pagar pela compra, o homem foi abordado pelos seguranças, que acionaram uma equipe de policiais que passavam pelo local.

Inicialmente, os dois agentes que foram atender a ocorrência teriam tentando contornar o caso, afirmando que tudo se tratava de um mal-entendido. Mesmo após os fiscais insistirem na denúncia, os policiais não registraram o crime, o que é considerado prevaricação.

Pena

O MPMG pede que o policial suspeito de furtar a carne seja julgado por furto qualificado mediante fraude, com pena que varia de dois a oito anos de prisão e multa. Ele e os outros dois policiais também foram denunciados por improbidade administrativa e correm o risco de perder o cargo na Polícia Militar.

Em nota, a Polícia Militar informou que instaurou procedimento administrativo assim que tomou conhecimento dos fatos e repassou o resultado ao Ministério Público. A corporação ainda afirma que não é conivente com desvios de conduta e combate todo e qualquer ato ilícito.

*​Estagiário do R7 sob a supervisão de Lucas Pavanelli.

Últimas