Minas Gerais MPF abre inquérito para investigar vazamento de mineroduto

MPF abre inquérito para investigar vazamento de mineroduto

Mineroduto da empresa Anglo American rompeu e derramou 300 toneladas de polpa de minério

MPF abre inquérito para investigar vazamento de mineroduto

MPF abre inquérito para investigar vazamento em mineroduto

MPF abre inquérito para investigar vazamento em mineroduto

RecordTV Minas / Reprodução

O Ministério Público Federal abriu um inquérito para investigar as causas e consequências do rompimento de tubulação do mineroduto em Santo Antônio do Grama, a 210 quilômetros da capital mineira. O acidente aconteceu na última segunda-feira (12), na zona rural do município e atingiu o ribeirão Santo Antônio, tornando-o marrom e interrompendo o abastecimento de água na cidade.

Ainda na segunda-feira (12), o MPF solicitou informações ao Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente), órgão responsável pelo licenciamento e fiscalização do mineroduto, à Copasa (Companhia de Saneamento de Minas Gerais), à Semad (Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável) e à Prefeitura de Santo Antônio do Grama sobre o rompimento, a possível contaminação de cursos de água e a natureza dos resíduos.

Leia mais notícias no R7

A empresa responsável pelo mineroduto, Anglo American, já atua no local desde 2014 e diz ter um plano de emergência em caso de vazamentos. Segundo a diretora financeira da Anglo American, Ana Cristina Sanches, o vazamento durou cerca de 25 minutos e liberou aproximadamente 300 toneladas de polpa de minério, mas ela afirma que esta quantidade não é significativa. De acordo com avaliadores do Ibama, o resíduo que vazou no local não é perigoso.

Os moradores de Santo Antônio do Grama estão sem água há um dia. A mineradora enviou caminhões-pipa para atender a população, mas, segundo a prefeitura, dos três caminhões que chegaram a Santo Antônio do Grama, só um tinha água própria para consumo. A empresa informou que está providenciando nove caminhões-pipa e também água mineral para abastecer a população.

* Sob supervisão de Ana Gomes

Veja o vídeo:

    Access log