Minas Gerais Mudança de centro médico suspende consultas na Grande BH

Mudança de centro médico suspende consultas na Grande BH

Ao menos 1.400 atendimentos foram afetados; central de consultas vai ser remontada em outro prédio que não está pronto

  • Minas Gerais | Kiuane Rodrigues, da Record TV Minas

Cerca de 1.500 consultas médicas foram canceladas após um centro de especialidades de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, ser demolido na última quarta (30), penúltimo dia de 2020.

O Centro de Consultas Especializadas Iria Diniz vai ser transferido para outro prédio, que não está pronto. A demolição do antigo espaço, localizado no bairro Eldorado, aconteceu nos últimos dias de mandato do prefeito Alex de Freitas (sem partido). De acordo com a nova prefeita, Marília Campos (PT), o imóvel seria alvo de uma disputa judicial.

— Tem uma história sobre uma ação judicial em que a prefeitura foi derrotada. Ainda vamos analisar o processo para avaliar irregularidades ou até mesmo uma forma de contornar a situação.

Veja: Hospital não faz limpeza e paciente tem que faxinar enfermaria em MG

O centro de especialidades funcionava no imóvel há cerca de 21 anos. Mensalmente, eram realizadas 15 mil consultas em 32 especialidades diferentes, como fisioterapia, fonoaudiologia e tratamento para pessoas com AIDS. A prefeita alega que os equipamentos teriam sido transferidos para uma unidade de saúde sem as condições adequadas.

Prefeita e secretário de saúde foram até o local

Prefeita e secretário de saúde foram até o local

Reprodução / Record TV Minas

— Tudo foi levado para um prédio que a prefeitura pretendia alugar por R$ 160 mil mensais e que ainda nem está pronto.

A demolição do prédio surpreendeu pacientes que tinham consultas marcadas. Eles alegam que não foram avisados da situação. O secretário municipal de Saúde, Fabrício Simões, afirmou que a prefeitura vai entrar em contato com os pacientes que foram prejudicados.

— São pessoas que devem seguir um tratamento periódico que não pode ser interrompido, correndo risco até de danos à saúde.

Outro lado

A assessoria de imprensa do ex-prefeito de Contagem, Alex de Freitas, informou que a demolição do prédio foi realizada pelos proprietários do terreno, que conseguiram a reintegração de posse na Justiça. A gestão passada também alegou que o novo centro de especialidades vai funcionar em um imóvel que está sendo construído. Segundo a nota, a prefeitura só irá pagar o aluguel do local quando o prédio for entregue.

Últimas