Coronavírus

Minas Gerais Mulher de 60 anos morre à espera de leito de UTI na Grande BH

Mulher de 60 anos morre à espera de leito de UTI na Grande BH

Moradora de Betim, ela tinha câncer e procurou atendimento em São João de Bicas após apresentar sintomas de covid-19

  • Minas Gerais | Núbia Roberto e Artur Santana, da RecordTV Minas

Reprodução/redes sociais

Uma mulher de 60 anos de idade morreu na madrugada desta segunda-feira (22) enquanto esperava por um leito de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em São Joaquim de Bicas, na região metropolitana de Belo Horizonte. 

Ela era moradora da cidade vizinha, Betim, enfrentava um câncer e procurou atendimento devido a sintomas de covid-19.

De acordo com a Prefeitura de Betim, a idosa procurou atendimento no dia 11 de março, para dar continuidade no seu tratamento. Nesse dia, ela relatou os primeiros sintomas gripais e a médica que a atendeu prescrever um pedido de exame para detecção de covid-19. Após essa data não há registros de retorno da paciente a uma unidade de saúde de Betim. Também não se sabe se ela fez o exame e qual o resultado. 

Antes disso, no entanto, a mulher procurou o sistema de saúde da cidade outras duas vezes, nos dias 27 de fevereiro e 8 de março.

Da primeira vez, ela foi internada em razão de uma infecção urinária e permaneceu na unidade até o dia 3 de março, quando foi liberada. Ela fez exames de pulmão e tórax, que não apontaram sinais de infecção pelo coronavírus e foi tratada com antibióticos. 

Cinco dias depois ela procurou, mais uma vez, uma unidade de saúde da cidade alegando dores no corpo e repetiu os exames. Na ocasião, ela não havia relatado sintomas de covid-19.  

Últimas