Muro de obra interditada desaba e atinge túmulos de cemitério em MG

De acordo com a Prefeitura de Divinópolis, deslizamento aconteceu horas após a interdição da construção; visitação no cemitério foi interrompida

Cerca de 30 túmulos foram atingidos

Cerca de 30 túmulos foram atingidos

Reprodução / Record TV Minas

O muro de uma obra que estava interditada pela Prefeitura de Divinópolis, a 120 km de Belo Horizonte, desabou e atingiu túmulos do Cemitério da Paz, na noite desta sexta-feira (31).

A estrutura dividia o terreno onde está sendo construído um imóvel e o cemitério. De acordo com o Executivo municipal, o deslizamento aconteceu poucas horas após a obra ser interditada por falta de projeto arquitetônico aprovado. Ninguém ficou ferido.

Ainda segundo a prefeitura, aproximadamente 30 jazigos foram atingidos e a visitação no cemitério precisou ser interrompida. Uma força-tarefa foi montada para limpar a área e tentar reduzir os impactos do desabamento. Técnicos da administração pública vão vistoriar o local para avaliar os ricos de novos deslizamentos.

Os responsáveis pela obra devem se reunir com representantes da Prefeitura de Divinópolis, nesta segunda-feira (3), para discutir a situação do terreno. A reportagem não conseguiu contato com os donos da propriedade. 

* Estagiário da Record TV Minas, sob supervisão de Pablo Nascimento