Coronavírus

Minas Gerais Ocupação de leitos de UTI em Minas vai a 94% e bate recorde

Ocupação de leitos de UTI em Minas vai a 94% e bate recorde

Duas regiões já superam 100% de ocupação dos leitos de terapia intensiva; há 2.525 pessoas com covid internadas no Estado

  • Minas Gerais | Lucas Pavanelli, do R7

Na região de Uberaba, a taxa de ocupação supera os 140%

Na região de Uberaba, a taxa de ocupação supera os 140%

Reprodução / Record TV Minas

A taxa de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) exclusivos para a covid-19 em Minas Gerais bateu recorde nesta terça-feira ao chegar a 94,36%. De acordo com painel de monitoramento divulgado pelo governo estadual, duas regiões ultrapassaram o total de leitos disponíveis: Triângulo Sul e Leste do Sul.

A primeira, onde está localizada a cidade de Uberaba, a 540 km de Belo Horizonte, tem taxa de ocupação de 141%. A cada 100 pessoas internadas na região, 95% estão com covid-19. No caso da região Leste do Sul, a ocupação está em 106%. Não há mais leitos de terapia intensiva nas microrregiões de Ponte Nova e Manhuaçu. 

De acordo com a SES-MG (Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais), há 2.525 pessoas internadas em UTI em todo o Estado, neste momento. 

Apenas uma região de Minas tem taxa de ocupação menor que 80%: o Vale do Jequitinhonha. A Bahia, a região conta com um terço do total de leitos ainda desocupados. 

Confira a taxa de ocupação de UTI por região:

Centro: 98,42%
Centro-sul: 92,66%
Jequitinhonha: 66%
Leste: 90,54%
Leste do Sul: 106,58%
Nordeste: 88,06%
Noroeste: 97,06%
Norte: 92,31%
Oeste: 87,50%
Sudeste: 92,28%
Sul: 94,46%
Triângulo do Norte: 81,93%
Triângulo do Sul: 141%
Vale do Aço: 90,59%

 

Últimas