Minas Gerais Operação contra crime organizado na divisa de MG e SP tem 57 presos

Operação contra crime organizado na divisa de MG e SP tem 57 presos

Ação foi coordenada por forças de segurança federais e dos dois Estados para coibir crime e fiscalizar fabricantes de explosivos na região da BR-381

  • Minas Gerais | Lucas Pavanelli, do R7

Operação terminou com 57 presos, de acordo com o Governo de Minas

Operação terminou com 57 presos, de acordo com o Governo de Minas

Divulgação/Sejusp

Ao menos 57 pessoas foram presas nesta terça-feira (7), em uma operação nas divisas de Minas Gerais e São Paulo. A Operação Divisas Integradas I teve início hoje e tem como objetivo principal o combate ao crime organizado na região, principalmente próximo ao eixo da rodovia Fernão Dias, que liga os dois estados. 

A operação envolveu mais de mil agentes de segurança federais e estaduais, quatro helicópteros e mais de 320 carros de polícia em ações preventivas e ostensivas para o cumprimento de mandados de prisão na região. A Polícia Militar de Minas Gerais realizou 125 buscas pessoais, 67 revistas a veículos e 74 abordagens a veículos. 

A operação integrada e simultânea teve pontos de bloqueios rodoviários em regiões de divisas entre os estados de Minas Gerais e São Paulo e o Exército ficou responsável por fiscalizar 12 empresas fabricantes de explosivos. 

De acordo com o secretário executivo de Segurança Pública do Governo de Minas Gerais, Alexandre Leão, a integração entre os dois governos ajuda no combate à criminalidade na região

— Além do grande fluxo proporcionado pela BR-381 e outras rodovias do perímetro, certamente as ações a serem desempenhadas pelas forças de segurança serão mais eficientes sob o viés da integração"

Segundo o coordenador do Centro de Operações Integradas (COI) da Secretaria da Segurança Pública de São Paulo outras ações integradas devem ocorrer na região.

— A troca de experiências e informações entre forças de segurança estaduais e os órgãos federais é fundamental para o planejamento das ações visando a manutenção da ordem pública, a proteção das pessoas e do patrimônio

Últimas