Operação da PM encontra 12 suspeitos em garimpo ilegal em Diamantina

Garimpeiros foram detidos por extração ilegal de pedras preciosas e desmatamento

Doze pessoas foram detidas por extração ilegal de diamantes em Areinha, uma área conhecida pelo garimpo ilegal perto de Diamantina, no Vale do Jequitinhonha. A Polícia Militar chegou aos suspeitos na tarde desta terça-feira (23). 

Leia mais notícias de Minas Gerais no Portal R7

Além da extração ilegal de pedras preciosas, os suspeitos devem ser autuados por desmatamento, já que foi constatada a destruição de trecho de mata na cabeceira do rio Jequitinhonha. 

Segundo o comando da Companhia de Meio Ambiente e Trânsito de Diamantina, a relação dos materiais apreendidos será divulgada na noite desta terça-feira (23).

Área de proteção

Areinha é uma área de proteção ambiental que foi fechada por uma mineradora e invadida por garimpeiros há quase dez anos. O trecho é difícil acesso e os trabalhadores ilegais desenvolveram uma rede de comunicação para acelerar a retirada dos materiais de sucção do rio quando policiais se aproximam.