Operário fica ferido ao ser soterrado dentro de máquina em siderúrgica

Vítima ficou presa da cintura para baixo em um silo de minério e teve queimaduras de segundo e terceiro graus nas pernas; resgate durou 8 horas

Resgate durou oito horas

Resgate durou oito horas

Reprodução/ Record Tv Minas

Um operário precisou ser resgatado pelos bombeiros após ter sido soterrado em um silo de minério, em uma siderúrgica em Sete Lagoas, a 70 km de Belo Horizonte. O trabalho de salvamento durou oito horas.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o lugar onde José Antônio Silvino, de 56 anos, estava é utilizado para descarregar o minério usado na produção de ferro-gusa. O local é uma espécie de funil e, às vezes, a abertura trava. Quando isso ocorre, os funcionários têm o costume de entrar no silo para liberar a passagem do minério e foi durante esse processo que o homem foi sugado.

A vítima foi soterrada da cintura para baixo e colegas de trabalho tentaram  ajudar a retirá-lo de lá, mas precisaram aguardar a chegada dos bombeiros. O socorro foi demorado e o operário precisou receber oxigênio e soro durante a operação de resgate.

Ao ser resgatado, o homem foi levado para a USA (Unidades de Suporte Avançado) do Samu ( Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) para receber os primeiros atendimentos, e em seguida foi encaminhado de helicóptero para o pronto socorro do Hospital João 23, na região Central de Belo Horizonte.

A vítima teve queimaduras de segundo e terceiro graus nas pernas e está internado sob observação.

Veja imagens:

*Estagiária do R7, sob supervisão de Lucas Pavanelli