Pacientes da Santa Casa de BH testam remédio para covid-19

Hospital é um dos 17 no Brasil que fazem parte dos testes do Governo Federal com a nitazoxanida, medicamento usado contra vermes e parasitas

Aproximadamente 500 pacientes são testados

Aproximadamente 500 pacientes são testados

Reprodução/ Streetview

O hospital filantrópico Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte é um dos 17 do país que vão testar a antiparasitário nitazoxanida como remédio para o tratamento de coronavírus.

O medicamento vendido no mercado, principalmente, para o combate a vermes e parasitas é a substância que o Governo Federal vinha analisando secretamente e que teria bons resultados para a covid-19.

Leia mais: Minas Gerais tem 63% dos leitos de UTI ocupados, diz governo

Segundo o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, serão aproximadamente 500 pacientes testando o medicamento em todo Brasil.

O tratamento passa por cinco dias de medicação e nove de observação da respostas do organismo do enfermo. Ainda não há resultados sobre o uso da substância.

Após o governo anunciar o teste com a nitazoxanida, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) restringiu a venda do medicamento. Agora, as farmácias terão que exigir receita e anotar dados pessoais de quem comprar o remédio.

Outros medicamentos

Desde o início da pandemia, governos correm contra o tempo para encontrar o melhor medicamento para tratar os efeitos causados pela covid-19. No Brasil, outra substância que também é testada e usada em alguns pacientes é a cloroquina, que tem eficácia no tratamento da malária e doenças reumatológicas.