Minas Gerais Passagem de ônibus não sofrerá aumento em dezembro, garante prefeito de BH

Passagem de ônibus não sofrerá aumento em dezembro, garante prefeito de BH

Lacerda aguarda auditoria de tarifa para o fim de dezembro; reajuste em 2014 não é descartado

Passagem de ônibus não sofrerá aumento em dezembro, garante prefeito de BH

Anúncio foi feito nesta segunda-feira (9)

Anúncio foi feito nesta segunda-feira (9)

Breno Pataro / PBH

Ao contrário do que ocorreu nos últimos anos, a tarifa de ônibus em Belo Horizonte não vai sofrer reajuste no fim de dezembro de 2013.

Leia mais notícias no R7 Minas

Quem garante é o prefeito Marcio Lacerda (PSB), em entrevista à Radio Itatiaia sobre valores do transporte coletivo na tarde desta segunda-feira (9). O aumento em 2014 não está descartado.

— Informamos ao sindicato que em dezembro não haverá aumento de tarifas.

Lacerda aguarda até 20 de dezembro o resultado da auditoria externa que estuda os custos efetivos tarifa, atualmente fixada em R$ 2,65. O documento era prometido para outubro deste ano. Após a divulgação dos resultados, em 2014, as passagens podem sofrer reajuste.

— A auditoria externa prevista no contrato de concessão vai nos entregar entre 15 e 20 de dezembro. Depois teremos 30 dias para avaliar o documento.

Lacerda, entretanto, afirmou que espera reduzir o valor da passagem no próximo ano.

— Existe projeto de lei na Câmara que prevê a retirada de taxa de gerenciamento da Bhtrans que dá uns 20 milhões por ano, que é o que perdemos com a retirada do ISS da tarifa e que precisamos encontrar fonte para cobrir isso.

A tarifa de ônibus em dezembro de 2012 foi a R$ 2,80 para as linhas regulares, mas recuou para R$ 2,65 após os protestos em junho. A redução representou a desoneração do Pis/Cofins, autorizada pelo Governo Federal - R$ 0,10, e do corte do ISS (Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza) - R$ 0,05. A não-arrecadação de ISS no segundo semestre de 2013 representou R$ 20 milhões a menos no caixa munipal.

    Access log