Minas Gerais "Passeio" de carros antigos leva 800 pessoas a condomínio de luxo

"Passeio" de carros antigos leva 800 pessoas a condomínio de luxo

Participantes do encontro causaram aglomeração em área do Condomínio Alphaville; evento não tinha autorização

  • Minas Gerais | Laura Baraldi, da Record TV Minas

Evento não teve autorização do condomínio

Evento não teve autorização do condomínio

Reprodução / Redes sociais

Um "passeio de carros antigos" levou quase 800 pessoas ao condomínio Alphaville, em Nova Lima, na região metropolitana de Belo Horizonte e causou aglomeração, neste sábado (10).

De acordo com a direção do condomínio, que é um dos mais caros da região, o encontro não tinha autorização para acontecer no local.

O evento foi anunciado nas redes sociais. Os participantes iniciaram o "passeio" no Shopping Ponteio e seguiram até o bairro de Nova Lima. Elison Lacerda, diretor-presidente da Associoação do Alphaville, relatou à reportagem que parte dos motoristas e acompanhantes desceram dos veículos quando chegaram na área comercial do condomínio. Imagens gravadas por moradores mostram uma fila de veículos no local.

— Fomos surpreendidos por este evento irresponsável. Não tínhamos conhecimento nenhum. De imediato, a segurança atuou e fez contato com a Guarda Municipal e Polícia Militar.

Procurada, a Prefeitura de Nova Lima informou que guardas municipais, com apoio da Polícia Militar, foram para o local assim que souberam do evento. Segundo a equipe, "as 800 pessoas aproximadamente presentes no local foram dispersadas de maneira ordeira e a situação foi resolvida".

Lacerda, representante do condomínio informou que não foi identificada participação de morador na organização do encontro e lamento o aumento de tentativas de aglomerações no local.

— Com inicio da pandemia, isto se intensicou. As pessoas começaram a ter proibições dos parques fechados em Belo Horizonte e em Nova Lima e eles descobriram o Alphaville como alternativa. De um ano para cá temos tido muito trabalho para conter as aglomerações que têm acontecido por aqui.

"O governo municipal lamente o flagrante desreipeito às normas, justamente no momento mais crítico de toda a pandemia, mas reitera que as ações de fiscalização continuarão em todos os bairros da cidade, de forma preventiva, para assegurar o cumprimento do decreto em vigor", concluiu a prefeitura em nota.

Últimas