Perfil que denuncia "furos" na quarentena atinge 50 mil seguidores

A página pede fotos e vídeos de quem descumpre o isolamento social em BH; especialista alerta que as postagens podem render processos criminais

Perfil de Belo Horizonte expõe quem rompe isolamento social

Perfil de Belo Horizonte expõe quem rompe isolamento social

Reproduçao/Instagram

Um perfil criado para denunciar quem está descumprindo as regras da quarentena em Belo Horizonte alcançou quase 50 mil seguidores no Instagram em apenas três dias.

A página pede que as pessoas copiem fotos e vídeos de quem descumpre o isolamento social e afirma que irá manter o sigilo do remetente. De denúncia em denúncia, a conta já denunciou 50 encontros com grande número de pessoas, festas, música ao vivo e contato direto entre os participantes, em maioria jovens.

Leia mais: Pesquisa aponta que 28% dos brasileiros não cumprem quarentena

Os administradores afirmaram que recebem mais de 200 denúncias por dia e fazem uma filtragem antes de postar. E ideias parecidas têm viralizado na rede social em outras cidades do país. 

Exposição

Mas, muito perfis que aparecem na página contestam a exposição e pensam até mesmo em acionar a justiça. Segundo o advogado de direito constitucional, Alexandre Franco Bahia, mesmo que a página faça denúncias de interesse social, os responsáveis podem responder criminalmente pelas postagens.

— Essas pessoas não deram autorização para que esse vídeo fosse repostado. É claro que essas pesssoas, ao exporem seus vídeos na internet, podem ser responsbilizadas por estarem rompendo a quarentena. Agora, a exposição feita de maneira a violar a honra dessas pessoas também gera indenização. São duas coisas separadas. 

Apesar das denúncias, os responsáveis pela página falaram que não temem os processos, e que vários advogados se ofereceram para ajudar sem custos.

*Estagiária do R7 sob a supervisão de Lucas Pavanelli