Petição pede para que Bruno conte à mãe de Eliza onde está enterrado o corpo

Manifesto tem mais de 17 mil assinaturas até a tarde desta segunda-feira (6)

Entrevista de Bruno à Record TV
Entrevista de Bruno à Record TV RecordTV Minas

Uma petição online com mais de 17 mil assinaturas pede para que o goleiro Bruno identifique onde está o corpo de Eliza Samudio. “O criminoso em questão, Bruno, deve entender que uma condição para demonstrar seu real arrependimento, será dizendo a mãe onde está sua amada filha, para um enterro digno.”

O manifesto pede ainda que nenhum clube aceite o goleiro condenado em seu plantel. “Não aceitamos o ex-goleiro do Flamengo, Bruno Fernandes de Souza, condenado pelo sequestro, assassinato e ocultação de cadáver de Eliza Samudio, em nenhum time de futebol, ou mesmo sendo treinador de adultos ou crianças, seja em órgão público ou privado de qualquer esporte que signifique saúde e bem-estar. Jogadores são considerados “ídolos” é este tipo de exemplo não podemos aceitar para nossos filhos.”

Bruno Fernandes das Dores de Souza, de 32 anos, está em liberdade desde o dia 24 de fevereiro, por um habeas corpus. Ele cumpria pena de 22 anos e três meses pelo sequestro, assassinato e ocultação de cadáver de Eliza Samudio, com quem teve um filho.