PF prende homem que fez ameaças a autoridades em vídeos na internet

Polícia cumpriu mandado de busca e apreensão na casa do suspeito, mas homem foi preso em flagrante por ter arma com registro raspado

Homem tinha três armas em casa, uma delas com registro raspado

Homem tinha três armas em casa, uma delas com registro raspado

Divulgação/PF

A Polícia Federal prendeu um homem nesta segunda-feira (13), em Belo Horizonte, que, segundo investigações iniciadas em maio deste ano, teria atacado verbalmente instituições e feito ameaças de morte a autoridades em vídeos publicados na internet. 

Conforme uma fonte ligada às investigações, as ameaças seriam direcionadas, de forma genérica, à Câmara dos Deputados e Supremo Tribunal Federal. 

De acordo com a PF, os agentes cumpriram um mandado de busca e apreensão, autorizado pela Justiça em Belo Horizonte, e encontraram uma arma com registro de outra pessoa e cujo registro estava raspado. Por esse motivo, o homem foi preso em flagrante.

Além dessa, outras duas armas foram apreendidas, bem como munições, computador, aparelho celular e roupas que aparecem nos vídeos investigados. Pelo porta de arma ilegal, ele pode pegar até três anos de reclusão. 

Ainda segundo a Polícia Federal, o homem também pode responder por crime contra a segurança nacional pelas ameaças às autoridades, além de calúnia e difamação. Ao todo, ele pode pegar 13 anos de prisão.