Minas Gerais PF recupera respiradores furtados em hospital no Norte de MG

PF recupera respiradores furtados em hospital no Norte de MG

Duas pessoas foram presas durante a operação na cidade de Montes Claros; funcionário está entre os suspeitos

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Funcionário suspeito de envolvimento foi demitido

Funcionário suspeito de envolvimento foi demitido

Divulgação / PF

A Polícia Federal recuperou, neste sábado (27), dois respiradores que foram furtados do Hospital Santa Casa de Montes Claros, a 422 km de Belo Horizonte.

Duas pessoas foram presas durante a operação, entre elas um funcionário do hospital. Segundo a instituição, o trabalhador foi demitido após a descoberta do caso. A PF também cumpriu três mandados de busca e apreensão durante a operação batizada de "O2".

O sumiço dos aparelhos que juntos custam aproximadamente R$ 200 mil foi denunciado pela própria direção do hospital, conforme explica o delegado Gilvan Garcia. Os respiradores comprados com recursos de um convênio com o Governo Federal já foram devolvidos à Santa Casa.

— Com a contribuição da Santa Casa, a gente pôde efetivamente trazer estes equipamentos de volta para serem utilizados pela população.

Segundo a PF, os investigados podem ser acusados pelos crimes de furto e associação criminosa. Se condenados, eles podem pegar até 7 anos de prisão. Os suspeitos serão ouvidos na Delegacia Regional da Polícia Federal em Montes Claros.

"O hospital ressalta que possui um rigoroso controle interno do seu parque tecnológico e que, por este motivo, foi possível identificar a situação", destacou a Santa Casa de Montes Claros em nota.

Últimas