Pico de casos de Covid-19 em BH será na 1ª semana de abril

Em entrevista, secretário de saúde anunciou criação de mais dois centros de Doença Respiratória e estuda colocar PMs para atender a população

Secretário anunciou a criação de mais dois centros

Secretário anunciou a criação de mais dois centros

Reprodução/RecordTV Minas

O Secretário Municipal de Saúde de Belo Horizonte, Jackson Machado Pinto, declarou que Belo Horizonte deve atingir o pico no número de casos de coronavírus na primeira semana de abril.

Casos confirmados de coronavírus em BH dobram nas últimas 24 horas

Em entrevista ao programa Balanço Geral, da RecordTV Minas, desta quinta-feira (19), o secretário anunciou também a criação de dois novos Centros de Doença Respiratória para atendimento da população. Um deles na região de Venda Nova e do Barreiro. Atualmente, a única unidade fica na UPA Centro-Sul.

Prevendo o aumento do número de pessoas contaminadas em Belo Horizonte, a prefeitura tem estudado medidas de prevenção, como a possibilidade de colocar policiais militares para fazer atendimento à população. O Exército já foi chamado para executar essa função. Outra medida é o uso de containers para isolamento de pacientes que testarem positivo para a Covid-19. 

O secretário reforçou, ainda, a importância de respeitar as restrições da prefeitura e permanecer em casa.

—  A chegada do vírus é inevitável, ele já está circulando entre nós. O que queremos é diluir no tempo o número de infectados. É muito diferente você ter 50 mil casos em 30 dias e ter 50 mil em 90. O sistema público não consegue absorver essa demanda toda simultaneamente. São 20 mil funcionários da saúde trabalhando com muito afinco para proteger a sua saúde. Então, se você puder, fique em casa por eles, que eles estão trabalhando por você.