Minas Gerais PM resgata suspeito de estelionato sequestrado por comparsas

PM resgata suspeito de estelionato sequestrado por comparsas

Homem desenvolvia sites falsos para enganar clientes e instituições bancárias e foi sequestrado pelos companheiros

  • Minas Gerais | Lucas Pavanelli, do R7, com RecordTV Minas

Homem foi levado para cativeiro na Grande BH

Homem foi levado para cativeiro na Grande BH

Reprodução/Google Maps

Um homem suspeito de estelionato foi sequestrado por supostos comparsas e resgatado na noite deste domingo (23), em uma casa usada como cativeiro em Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte. Policiais militares foram acionados pelo advogado da vítima e conseguiram encontrar a vítima em um dos quartos da casa. 

De acordo com o boletim de ocorrência, o homem marcou um encontro com uma pessoa, no estacionamento de um supermercado, para poder receber um carro como forma de pagamento de uma dívida. No entanto, no momento da transação, os "devedores" saíram armados do carro e obrigaram o homem a entrar em um carro. Ele foi levado a uma casa, que seria uma espécie de cativeiro, no bairro Justinópolis, em Ribeirão das Neves. 

Ainda segundo o boletim de ocorrência, a vítima seria um programador de sistemas que desenvolveria sites falsos para tentar enganar pessoas a abrirem contas e realizarem empréstimos bancários e consignados. 

De acordo com relato do sequestrado, ele cobrava cerca de R$ 4 mil para desenvolver os sites, em parceria com outros comparsas, mas começou a praticar o crime sozinho, ao perceber que poderia obter mais rendimentos. 

Sequestro

De acordo com o boletim de ocorrência, o programador marcou um encontro no estacionamento de um supermercado para receber, como pagamento, um veículo Ecosport. No entanto, ele foi forçado a entrar no carro. A esposa da vítima estava no local e teria filmado o fato. Em seguida, a mãe da vítima começou a receber mensagens de um número pelo Whatsapp.  

O cativeiro foi localizado depois que a mulher notou que o filho do sequestrador usava tornozeleira eletrônica. 

Últimas