Minas Gerais Polícia indicia jovem por assassinar a namorada grávida em MG

Polícia indicia jovem por assassinar a namorada grávida em MG

Vítima tinha 15 anos e foi morta a facadas com a filha de 1 ano no colo; crime aconteceu em Ribeirão das Neves, na Grande BH

As investigações foram concluídas pela Polícia Civil

As investigações foram concluídas pela Polícia Civil

Divulgação / PCMG

A Polícia Civil indiciou, nesta sexta-feira (14), um jovem de 22 anos por assassinar a namorada grávida em Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte, no último dia 28 de abril.

O suspeito foi indiciado por feminicídio com qualificadora de motivo torpe, recurso que impossibilitou a defesa da vítima e algumas circunstâncias que aumentam a pena: o fato de a vítima estar grávida e do crime ter sido praticado diante da filha de 1 ano do casal.

A polícia ainda informou que foi instaurado um inquérito na Delegacia de Mulheres para apurar se houve estupro de vulnerável por parte do suspeito, já que a vítima tinha 14 anos quando engavidou da primeira filha.

Na época do crime, Cristiano Rodrigo dos Santos foi preso em flagrante. Ele teria esfaqueado Natally Yasmin de Oliveira durante uma briga ao voltar de um almoço em família. Segundo as investigações, o irmão da jovem estava na casa com os dois e saiu do local após o início das brigas.

Leia também: MG tem média de 11 feminicídios por mês até novembro de 2020

De acordo com a Polícia Civil, o irmão teria tentado entrar no imóvel após ouvir os gritos, mas não conseguiu já que suspeito teria trancado as portas. Ele pulou o muro e viu a irmã caída no chão.

As investigações apontam que a relação do casal era conturbada, com histórico de brigas por ciúmes. Os dois moravam juntos, mas pouco antes do crime, teriam decido viver em casas separadas.

*Estagiária sob supervisão de Pablo Nascimento

Últimas