Coronavírus

Minas Gerais Polícia investiga venda clandestina de vacina contra a covid-19 em MG

Polícia investiga venda clandestina de vacina contra a covid-19 em MG

Suspeito foi preso, em Barão de Cocais, na região central do Estado, e teria aplicado os supostos imunizantes de forma clandestina 

Suspeito não seguia os procedimentos sanitários previstos pelo Plano Nacional de Vacinação

Suspeito não seguia os procedimentos sanitários previstos pelo Plano Nacional de Vacinação

Pedro Gontijo/Imprensa MG

A Polícia Civil investiga a aplicação de uma suposta vacina cladestina contra o coronavírus em Barão de Cocais, na região Central de Minas Gerais. O suspeito foi detido, nesta sexta-feira (12), de posse de uma caixa de isopor com seringas e um frasco contendo um material não identificado. 

As denúncias indicam que o homem estava aplicando os supostos imunizantes de forma clandestina. Os procedimentos sanitários previstos pelo Plano Nacional de Vacinação também não estariam sendo seguidos. 

O suspeito foi ouvido e liberado até a conclusão do procedimento. O material recolhido irá passar por perícia e as investigações continuam para a conclusão do inquérito policial. 

*Estagiário do R7 sob supervisão de Flavia Martins y Miguel

Últimas