Minas Gerais Polícia prende 3 suspeitos de matar cantor de pagode na Grande BH

Polícia prende 3 suspeitos de matar cantor de pagode na Grande BH

Anderson da Silva Santos, de 48 anos, foi morto a golpes de faca no meio da rua em Mateus Leme (MG), no dia 29 de maio

Anderson foi golpeado no meio da rua

Anderson foi golpeado no meio da rua

Reprodução

Três suspeitos de envolvimento no assassinato de um cantor de pagode em Mateus Leme, na região metropolitana de Belo Horizonte, foram presos pela Polícia Civil. O crime ocorreu em 29 de maio e o suspeito do homicídio, Gabriel Oliveira Gama, de 24 anos, e o pai dele, Leônio Gama, estavam foragidos. 

A Polícia Civil de Minas Gerais apresenta, nesta terça-feira (8), o inquérito sobre as investigações do caso.  

Crime

O cantor Anderson da Silva Santos, de 48 anos, foi morto a golpes de faca, no meio da rua, em 29 de maio, quando saía com sua esposa e um filho para lanchar em Mateus Leme, na Grande BH. Ele foi surpreendido por um dos suspeitos, Gabriel de Oliveira Gama, e tentou fugir.

As imagens registradas por uma câmera de monitoramento mostram o momento em que o assassino persegue a vítima, já ferida, que tenta escapar dos golpes. Os dois homens correm mas, machucado, Anderson cai e é golpeado novamente. 

Ao ouvir os gritos, a esposa da vítima foi até o local e foi agredida pelo pai do suspeito, Leônio da Silva Gama de 60 anos, que fugiu do local levando o filho e duas mulheres. 

Últimas