Minas Gerais Polícia prende 6 de quadrilha que roubava lotéricas em Minas

Polícia prende 6 de quadrilha que roubava lotéricas em Minas

Grupo alugava imóvel ao lado da loteria e entrava no local cavando um buraco na parede; prejuízo é de R$ 200 mil e líder da quadrilha continua foragido

  • Minas Gerais | Célio Ribeiro*, do R7

Quadrilha era especializada em roubar lotéricas

Quadrilha era especializada em roubar lotéricas

Wilson Dias/Agência Brasil

A Polícia Civil prendeu seis suspeitos de integrar uma quadrilha especializada em roubos a casas lotéricas em Minas Gerais.

De acordo com o órgão, o grupo já teria arrombado cerca de dez lotéricas em todo o Estado, gerando um prejuízo que pode superar os R$ 200 mil. Em março, outros quatro suspeitos de integrar essa quadrilha foram presos quando se preparavam para assaltar uma lotérica no bairro Milionários, na região do Barreiro, em BH.

Segundo as investigações, o grupo tem o costume de agir durante a madrugada. Um integrante conseguia acesso ao imóvel vizinho do estabelecimento através de imobiliárias locais, usando como desculpa a intenção de alugar um escritório.

Assim, o grupo clonava a chave do espaço e abria um buraco na parece, acessando o interior da lotérica. Durante cada operação, pelo menos duas pessoas ficavam do lado de fora, monitorando as ruas próximas.

Veja: Homem é preso suspeito de espancar ex em lotérica de BH

Prisão

Segundo o delegado Gustavo Barletta, do Depatri (Departamento Estadual de Investigação de Crimes Contra o Patrimônio), os suspeitos, três homens e três mulheres, foram presos na cidade de Itaúna, a 76 km de Belo Horizonte. O líder do grupo está foragido.

— O homem que está foragido é suspeito de ser o mentor e articulador dos crimes, além de ser responsável pela divisão das tarefas. Ele que determinava que um casal ficaria do lado de fora da lotérica enquanto dois homens arrombavam o cofre.

Segundo a Polícia Civil, as mulheres que foram presas estão colaborando com a investigação, que tenta, agora, identificar a participação da quadrilha em outros crimes.

*Estagiário do R7 sob a supervisão de Lucas Pavanelli.

Últimas