Minas Gerais Polícia prende suspeito de cometer crimes sexuais contra 173 mulheres

Polícia prende suspeito de cometer crimes sexuais contra 173 mulheres

Investigações apontam que homem agia desde 2015; vítimas eram atraídas por perfis falsos nas redes sociais mediante a oferta de dinheiro

Suspeito é da Grande BH mas atuou em 13 estados

Suspeito é da Grande BH mas atuou em 13 estados

Ezequiel Fagundes / Record TV Minas

A Polícia Civil em Belo Horizonte prendeu um homem de 32 anos suspeito de cometer crimes sexuais contra, pelo menos, 173 vítimas em 13 estados.

Segundo a investigação, resultado da operação Sodoma, desencadeada em 2015, R.S. atraía as vítimas por meio de perfis falsos na internet mediante oferta de dinheiro. As promessas variavam entre R$ 2 mil e R$ 10 mil.

Após as promessas financeiras, o suspeito exigia que as vítimas enviassem fotos e vídeos íntimos. A partir disso, o homem dava início a uma série ameaças, entre elas a divulgação do material para amigos e familiares das mulheres.

Em interrogatório, R.S. negou os crimes e informou que só falaria em juízo. A investigação aponta para os crimes de violação sexual mediante fraude, extorsão, estupro virtual e estupro.

Na casa onde o suspeito morava de aluguel em Juatuba, na Grande BH, os policiais apreenderam celulares, computadores e apetrechos sexuais. De acordo com a Polícia Civil, R.S. nunca havia sido preso.

A reportagem não localizou a defesa do suspeito.