tragédia brumadinho
Minas Gerais Polícia retira mais 16 nomes da lista de desaparecidos de Brumadinho

Polícia retira mais 16 nomes da lista de desaparecidos de Brumadinho

Número caiu de 68, nesta quarta-feira (10), para 52, nesta quinta-feira (11); Polícia Civil ainda não explicou o motivo da retirada dos nomes

Lista de desaparecidos possui 52 nomes

Lista de desaparecidos possui 52 nomes

Divulgação / Corpo de Bombeiros

A Polícia Civil de Minas Gerais retirou mais 16 nomes da lista de desaparecidos da tragédia da Vale, em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte. O rompimento da barragem da Mina Córrego do Feijão aconteceu em 25 de janeiro deste ano.

Nesta quarta-feira (10) foi divulgado, pela Defesa Civil, um balanço com 225 mortes e 68 desaparecidos. Nesta quinta-feira (11), outro balanço foi divulgado, com o mesmo número de mortes, mas 52 desaparecidos. Procurada pelo R7, a Polícia Civil informou que vai explicar, por meio de nota, o motivo da retirada dos nomes.

Na última segunda-feira (8), a Polícia Civil já tinha retirado 17 nomes da lista. Segundo o órgão, investigações realizadas apontaram erros, seja por causa de parentes ou de terceiros. Em alguns casos, a pessoa incluída na lista de desaparecidos está viva e foi localizada.

Ainda segundo a polícia, outros casos foram resultado de inclusão proposital por suspeitos de estelionato, que haviam cadastrado nomes de pessoas que não estavam na região, a fim de conseguir vantagem econômica com as indenizações pagas pelo rompimento da barragem.

Outros nomes também foram incluídos por familiares com grafia errada ou nomes trocados. 

* Estagiário do R7, sob supervisão de Lucas Pavanelli