Polícia tenta identificar mais uma vítima da tragédia de Brumadinho

Fragmento foi entregue ao IML nesta segunda-feira (3); caso o corpo seja identificado, número de vítimas da tragédia vai aumentar para 260 

Rompimento completou um ano no último dia 25

Rompimento completou um ano no último dia 25

Gisele Ramos/ Record TV Minas

A Polícia Civil informou que trabalha, nesta terça-feira (4), para identificar mais uma vítima do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte.

O fragmento foi entregue ao IML (Instituto Médico Legal) nesta segunda-feira (3). Caso o fragmento encontrado seja identificado, o número de vítimas pode aumentar para 260 e o número de desaparecidos cair para 10

As últimas vítimas identificadas foram João Tomaz de Oliveira, de 46 anos, que era motorista de caminhão-pipa de uma empresa terceirizada da Vale, e Noel Borges de Oliveira, de 50 anos, que trabalhava como mestre de obras na barragem. Os corpos de ambos foram encontrados no dia 4 de dezembro e identificados através do exame de DNA no dia 11 de dezembro. O rompimento da barragem completou um ano em 25 de janeiro.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Lucas Pavanelli