Minas Gerais Policiais que fizeram churrasco em presídio de MG são demitidos

Policiais que fizeram churrasco em presídio de MG são demitidos

Governo de Minas puniu 10 agentes penitenciários por episódio ocorrido em março de 2019, na Penitenciária de São Francisco, a 480 km de BH

Quatro agentes penitenciários foram exonerados e outros seis foram suspensos do Governo de Minas por fazerem um churrasco dentro da penitenciária de Francisco Sá, a 480 km de Belo Horizonte.

O caso ocorreu em março de 2019 e o resultado do Processo Administrativo Disciplinar, aberto para investigar o episódio, foi divulgado neste sábado (24).

De acordo com a Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), dez policiais penais foram identificados a partir de um vídeo que circulou nas redes sociais à época. Quatro deles foram demitidos do serviço público e os outros seis foram suspensos de suas funções por 90 dias.

Agentes filmaram churrasco no presídio

Agentes filmaram churrasco no presídio

Reprodução / Record TV Minas

"Os autores envolvidos no lamentável episódio desrespeitaram artigos e incisos previstos no Estatuto dos Servidores Públicos do Estado de Minas Gerais", diz a Sejusp, em nota.

Ainda segundo a nota, a pasta afirma que repudia veementemente condutas inadequadas de seus servidores e que as denúncias são apuradas com rigor e celeridade, respeitando o direto à ampla defesa.

Últimas