Minas Gerais Policial é suspeito de agredir homem que passou mal em rua

Policial é suspeito de agredir homem que passou mal em rua

Vídeo mostra o momento em que a vítima é atingida com socos e chutes no bairro Betânia, em BH; suspeito também fez disparos

  • Minas Gerais | Akemí Duarte e Shirley Barroso, da Record TV Minas

Câmeras de segurança flagraram o momento em que um motorista é agredido por um policial civil no bairro Betânia, na região Oeste de Belo Horizonte, na última sexta-feira (5). A vítima teria sido agredida após passar mal na porta da casa da mãe do suspeito.

Nas imagens, é possível ver o homem, que é motorista, se apoiando no muro da casa. O suspeito chega na sequência, estaciona a motocicleta e começa a discutir com o motorista. Ele dá um tiro para o lado e parte para a cima da vítima com a arma em punho, dando empurrões no homem até encostá-lo em um muro.

O homem que aparece nas imagens continua dando socos e joelhadas na vítima. Vizinhos se aproximam tentando separar a briga e, cerca de cinco minutos depois, a confusão termina. Os tiros disparados pelo suspeito deixaram marcas no passeio.

Veja: Policial atira balas de borracha em jovem que filmava ação do militar

Policial agrediu motorista que passou mal na rua

Policial agrediu motorista que passou mal na rua

Reprodução / Record TV Minas

O suspeito fugiu logo após as agressões, mas foi parado por policiais militares que haviam sido avisados da ocorrência. Ao ser abordado, ele afirmou ser policial civil. Ele prestou depoimento e foi liberado logo em seguida.

Relato

O motorista, que prefere não se identificar, relatou que não sabe o motivo de ter sido agredido. Ele afirma que a situação vivida na semana passada foi traumática. A vítima alega também que um familiar do suspeito também teria participado das agressões.

— Ele já foi me agredindo, me jogando contra a parede, quando chega um parente dele e me dá três socos na cara. Me jogaram no chão e me chutaram. Achei que ia morrer.

Em nota, a Polícia Civil informou que o delegado de plantão não encontrou elementos suficientes para autuar o suspeito em flagrante. O órgão afirmou ainda que vai analisar o caso para tomar as providências cabíveis. A reportagem tenta contato com a defesa do policial.

Últimas